Publicidade!

Sobre o futuro do meia-atacante Martín Luque

Foto: Divulgação / Inter 


Após acertar a rescisão do volante Fernando Bob, a direção do Inter também deve encaminhar a saída em definitivo do meia-atacante Martín Luque. 

O jogador foi comprado pelo colorado junto ao Colón (ARG) em 2014. A negociação para sua chegada a Porto Alegre contou com o apoio do investidor Delcir Sonda. 

O empresário desembolsou cerca de 2,5 milhões de dólares para que o jogador fosse reforço do Inter. Com o apelido de "novo Caniggia", Luque nunca conseguiu confirmar o futebol que fez com que a equipe gaúcha buscasse a sua contratação na Argentina. 

Em 2015 até foi aproveitado pelo técnico Diego Aguirre, mas logo após foi negociado por empréstimo com o Peñarol (URU). Em seguida retornou ao colorado na temporada de 2016 e novamente foi repassado por empréstimo. 

Desta vez o seu destino foi Alcorón (ESP), onde também não teve destaque. A última equipe a contar com os serviços do jogador por empréstimo do Inter foi o San Martín (ARG). 

O meia-atacante tem contrato com o colorado até dezembro de 2018, mas deve ter o seu vínculo rescindido nos próximos dias. A ideia da direção é fazer com o jogador o que já fez com Anderson, Seijas, Fernando Bob e Alan Costa. 

Propor um acordo e liberar o atleta para que ele tenha o seu futuro definido e volte a atuar profissionalmente. Martín Luque está trabalhando em separado no CT de Alvorada desde que retornou ao Inter vindo do San Martín.
Sobre o futuro do meia-atacante Martín Luque Sobre o futuro do meia-atacante Martín Luque Reviewed by Revista on julho 31, 2018 Rating: 5
Comentários
0 Comentários