Publicidade!

Nilmar rompe silêncio, fala sobre retorno aos gramados e possibilidade de voltar ao Inter

Foto: Divulgação / Inter 


O atacante Nilmar voltou a falar com a imprensa na noite da última segunda-feira. Afastado dos gramados desde que rescindiu o seu contrato com o Santos no final de 2017, o jogador se fez presente na festa beneficente dos 10 anos de D'Alessandro com a camisa do Inter. 

Conversando com os repórteres, o jogador disse que está feliz como nunca antes esteve. Não falou abertamente sobre a depressão sofrida na temporada passada. Segundo ele, ainda existe um impasse sobre a sua volta aos gramados, assim como já havia nos adiantado o seu representante, Ismael Calegário. 


"No momento, sinceramente, não estou pensando em voltar a jogar futebol. A partir do momento que estiver pensando em voltar e estar disposto a pagar esse preço, tem que estar focado 100%. Fiquei três meses parado, foi um momento complicado. E agora estou vendo o outro lado e dando mais valor à família, tento ficar mais com eles, principalmente nos fins de semana, que nunca tive (risos)". 


Assim como a reportagem da Revista já havia informado anteriormente, o atacante confirmou que se encontrou com dirigentes do Inter recentemente, mas que não tratou de uma possível volta ao beira-rio. 

"É a primeira vez que estou falando depois de tanto tempo, mas não tem nada do Internacional. Tenho um carinho muito grande pelo clube, presidente, todos, tenho contato, mas nada. Não chegamos a falar sobre esse assunto, até porque estou em outro momento na minha carreira, muito tempo sem jogar, algumas dúvidas ainda, se continuo ou paro por aqui. São 20 anos nesse meio e estou vendo o outro lado agora, aproveitando, curtindo mais a família. Fui feliz aqui, tive três passagens vitoriosas", declarou. 

O jogador também comentou sobre a sua aposentadoria e se isso pode acontecer nos próximos dias. 

"Não cheguei nesse assunto de encerrar a carreira, até eu mesmo me pergunto, tenho 34 anos, de estar me sentindo bem e às vezes estar vendo um jogo e tenho vontade. Isso é normal. Tive quase 20 anos nesse meio. Então, tem dias que dá, dias que estou com meus filhos, podendo levar no colégio, coisa que não conseguia fazer. Tenho essa dúvida comigo mesmo, seguir ou não seguir. Felizmente, numa situação financeira e num suporte familiar também, está todo mundo do meu lado. A decisão que eu tomar vão estar junto comigo, mas no momento não tenho 100% se continuo ou não. Mas estou feliz. O mais importante é a saúde hoje em dia". 

Questionado se existia um prazo para que o seu futuro fosse definido (voltar a jogar ou não), Nilmar afirmou que no início pensava que ficar afastado por um longo tempo era prejudicial, mas que agora não vê assim.

"No início, eu ficava muito preocupado com essa questão de muito tempo sem jogar. Aí voltei a fazer treinamentos, não com a intensidade de um jogador profissional, mas hoje estou mais tranquilo quanto a isso. Tirei esse peso, me incomodava muito. Um mês sem jogar, dois, ficava aquela cobrança que sempre tive, por ter sido profissional em todos os clubes que passei. Se a decisão for tomada amanhã ou depois, as pessoas que estão em volta de mim sabem que vai ser a decisão correta". 


O atacante formado nas categorias de base do Inter também confirmou que recebe contatos de outros empresários para que retorne ao futebol. Recentemente, o Corinthians teria buscado saber da sua situação, mas não houve negociação. 


"Me desliguei totalmente. Claro que no início muito me ligavam pela oportunidade, ainda mais atacante. No futebol, sempre quando abre a janela, tem muito essas sondagens, muitos intermediários, empresários, tentaram entrar em contato, mas nunca avancei porque não estava me sentindo bem e confortável para dar continuidade na minha carreira. Tive contato de muita gente do futebol para saber da minha saúde, mas nada de contrato".
Nilmar rompe silêncio, fala sobre retorno aos gramados e possibilidade de voltar ao Inter Nilmar rompe silêncio, fala sobre retorno aos gramados e possibilidade de voltar ao Inter Reviewed by Revista on julho 31, 2018 Rating: 5
Comentários
0 Comentários