Publicidade!

O real motivo para que Abel Braga deixasse o Fluminense

Foto: Divulgação / Fluminense 

No final da última semana, a Revista trouxe a informação de que o técnico Abel Braga havia pedido demissão do Fluminense. No entanto, não foram somente os problemas da equipe carioca que fizeram com que o treinador tomasse essa decisão. 

O portal Fox Sports informa que Abel Braga ainda está muito abalado pela morte do seu filho, João Pedro, que faleceu durante 2017 após passar mal na sua residência no Rio de Janeiro. A ideia é se dedicar a Cláudia, sua esposa, que ainda estaria bastante abalada emocionalmente. 


O drama familiar foi passado ao Fluminense por Abel Braga na última quinta-feira, após reunião com o presidente da equipe carioca. Segundo a informação do portal, Pedro Abad ainda tentou ir à casa de Abel para tentar convencer o treinador a seguir comandando o Fluminense, mas em vão. 


Abel Braga viajou para a Europa no último domingo. O destino será Portugal, onde Abel tem residência fixa. Porém, após, pode rumar a outros países. No entanto, mesmo que o drama familiar tenha sido a principal causa para que Abel deixasse no Fluminense, as dificuldades financeiras do tricolor também contaram na hora da sua decisão. 


Pesou muito, também, a saída do diretor-executivo, Paulo Autuori. Este era o profissional que ajudava o treinador com os jogadores no vestiário. Autuori dava sustentação a Abel nos momentos em que os jogadores demonstravam insatisfação com o atraso dos seus salários. 


No final de 2017 o Internacional tentou a contratação do técnico. Inclusive, se reuniu com Abel Braga no Rio de Janeiro. Porém, o treinador resolveu seguir comandando a equipe carioca. Palmeiras e Flamengo também tentaram a sua contratação. 
O real motivo para que Abel Braga deixasse o Fluminense O real motivo para que Abel Braga deixasse o Fluminense Reviewed by Revista on junho 18, 2018 Rating: 5
Comentários
0 Comentários